sábado, 2 de julho de 2011

Vida sentimental: Como viver sem ser amado(a) pelo menos uma vez na vida...



                                   Vida sentimental,  uma área onde muitos duvidam que ainda exista e que foi deixada de lado por muitos nos dias de hoje. Onde grande parte das pessoas acabam buscando relacionamentos rápidos e  sem seriedade nenhuma,  para não arriscarem-se em relacionamentos sérios, com o medo de poderem sofrer no futuro. Muitos  tem este tipo de pensamento, pelas suas experiências anteriores que foram marcadas com dores e sofrimentos. Então acabam desistindo de se entregarem e buscarem alguém para poderem  viver pelo resto de suas vidas ou então até mesmo desistem de lutar pelo seu relacionamento atual, decidindo jogar tudo para o alto.

                                    É uma área que esta sendo atacada em todas as classes das sociedades, não importa se a pessoa é rica ou pobre. Pois existem inumeras pessoas que tem muito dinheiro, casas, carros, mas não consegue receber um amor  de verdade, e serem felizes em suas vidas sentimentais.

                                    E existem diversas pessoas que dariam o dinheiro inteiro do mundo ou daria tudo que tem para receber Amor da pessoa amada.


                               São  muitas as pessoas que não conseguem se dar bem na vida sentimental em seus relacionamentos amorosos, sejam em namoros, noivados e casamentos. Onde diversos tipos de problemas como traições, orgulho, mágoas, infidelidade, indiferença, desprezo e falta de diálogo são apenas alguns dos dramas que inúmeros homens e mulheres vivem. E é justamente por não saberem lidar emocionalmente com a situação, que ocorrem casos de depressão, suicídio ou até crimes passionais.

                                      Diante disto, a Igreja Universal criou uma reunião voltada exclusivamente para a vida sentimental, que tem por objetivo evitar que casos desastrosos aconteçam nas famílias, como a destruição de lares causada por brigas, separações e até tragédias.

                                 E como ser feliz, sem ser amado por alguém, todos querem ser feliz no amor. E o tratamento sentimental realizado na “Terapia do Amor” é dedicado a qualquer pessoa que esteja passando por uma situação de desespero nessa área, seja pelo fim do casamento, namoro, noivado, traição ou rejeição por parte da pessoa amada, ou até mesmo para quem deseja buscar, em Deus, a orientação para encontrar seu (sua) parceiro (a) para a vida toda.

                                 Nesta reunião as pessoas aprendem a lidar com seus problemas de uma forma inteligente, não permitindo que entrem dúvidas quanto à possibilidade de ser feliz no amor, já que isso irá depender da determinação de cada um.
                                           A Terapia do Amor acontece todos os sábados em todas as Catedrais da IURD pelo Brasil ás 15:00 e as 19:00 horas.


"O amor é paciente, é bondoso; o amor não é invejoso, não é arrogante, não se ensoberbece, não é ambicioso, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não guarda ressentimento pelo mal sofrido, não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta." I Corintios 13

Autor: Alan Ferreira Domingues






Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...